quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Vaso sanitário TOTO Washlet S400

Vaso high-tech tem jatos de água morna, secador e controle remoto. Endinheirados do Japão e dos EUA têm aderido à novidade.


TOTO Washlet S400
 
A Fabricante japonesa de vasos sanitários Toto,  pioneira nos chamados "washlets", termo genérico empregado no Japão para todos os vasos sanitários de alta tecnologia, capazes de operar como bides.


Com a esperança de conquistar maior  adesão entre os norte-americanos, a Toto lançou uma campanha publicitária cujo objetivo e tornar conhecidos os seus produtos entre os consumidores.

Outro objetivo é convencê-los de que os bidês tecnológicos, embora estranhos e intimidantes para os desacostumados, são mais higiênicos e agradáveis do que o uso de papel higiênico. "O papel higiênico só distribui o problema", disse Lenora Campos, porta-voz da Toto USA, em Nova York. "Sempre que limpamos qualquer outra coisa, usamos água, certo?", indagou.
A maioria dos washlets vem com assentos aquecidos, um jato de água que se estende sob o assento e borrifa água morna, um secador e um controle remoto que permite ajustar a temperatura do assento do vaso e a da água.


Embora cerca de 60% dos domicílios japoneses disponham de washlets, a Toto encontrou sucesso limitado em seus esforços de expansão, desde que abriu sua subsidiária norte-americana, em 1990.


A base de clientes está limitada a residências de alta renda e hotéis de luxo como W Hotel, na Times Square, em Nova York, e a clientes empresariais como a sede do Google.


Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,, MUL96367-6174, 00.html

2 comentários:

Anônimo disse...

Mas, já houvi dizer que água morna nos bidés e naturalmente em duchas acopladas à vasos sanitários para higienização íntima, não é aconselhável, por causar proliferação de fungos. Estou errado?

Oficina do Espaço disse...

Não creio que exista problemas.